// Formas de Pagamento para Fotógrafos

Uma dúvida que constantemente encontramos no contato e treinamento dos profissionais de fotografia refere-se às opções de cobrança de seus clientes. Atualmente elas são variadas, com características, benefícios e desvantagens específicas. Neste post pretendemos apresentar estes pontos de cada uma destas formas de pagamento, como um breve guia para você poder avaliar e definir o que melhor funcionará para você.
Facilitando as coisas, vamos tratar cada uma delas de forma tópica:

Pagamento em Dinheiro
Está é a forma mais antiga que existe. Aceita por todos, porém cada vez mais em desuso.
Benefícios:
É uma forma de recebimento praticamente sem risco de inadimplência. A preocupação é verificar que as cédulas são verdadeiras, o que pode causar certo constrangimento frente ao cliente, mas é necessário.
Outro ponto positivo é que não incide sobre ela qualquer taxa de cobrança, com isso você pode trabalhar com desconto sobre o valor original, frente a outras formas de pagamento. Vale a ressalva de que, por lei, você não pode praticar preços diferentes para diferentes formas de pagamento. A prática correta é oferecer o mesmo preço, com desconto especial.
Desvantagem
Um complicador é a guarda ou transporte dos valores até a instituição financeira, pois você não terá qualquer ressarcimento caso os valores seja extraviados ou roubados. No quesito segurança, esta forma de pagamento perde alguns pontos.
Para o cliente esta forma também pode parecer pouco vantajosa, já que representa um desembolso imediato dos valores.

Cheques
O pagamento em cheque tem se tornado mais raro nos últimos tempos. Há alguns anos era bastante popular, porém, com a proliferação de outras formas mais práticas e seguras, tem caído em desuso.
Benefícios:
Seu principal benefício consiste na possibilidade de parcelamento dos valores, tendo em sua posse um documento que tem valor de promissória. Além disso, é uma forma de pagamento que não gera cobrança de qualquer taxa.
Apresenta uma razoável segurança no transporte de valores, pois permite que seja identificado nominalmente e, caso algo ocorra, pode-se solicitar ao emissor que suste o pagamento dos mesmos.
Desvantagem
O pagamento com cheque representa um dos maiores riscos de inadimplência dentre as opções de pagamento. Tanto nos pagamento à vista, quanto nos à prazo, sendo o segundo caso ainda mais complicado.
Obviamente existem procedimentos que podem ajudar a minimizar riscos. É muito comum no ramo da fotografia a exigência de que todos os cheques tenham sido compensados antes do evento. Essa pode ser uma opção, porém reduz as possibilidades de parcelamento, se o evento estiver próximo, e pode parecer deselegante.
Uma opção interessante é trabalhar os valores e prazos dos cheques em relação a seus custos. Até a data do evento, devem ter sido compensados valores suficientes para cobrir os custos de captação do mesmo. As provas serão entregues apenas quando já estiverem compensados valores referentes a estes custos e o mesmo serve para o envio do álbum ou material final para produção. Com isso você irá cobrir seus custos conforme o desenrolar do projeto. Os cheques que restarem no final serão referentes a seu lucro, ou seja, na pior das hipóteses você não terá prejuízos com a operação.
Existe ainda outro ponto de dificuldade no trabalho com cheques pré-datados: eles exigem um controle extra de datas para depósito, o que tomará parte de seu tempo ou da pessoa responsável pela administração.

Boleto Bancário
Disponível usualmente para contas correntes de pessoas jurídicas ou ambas, dependendo da instituição financeira. Seu uso é mais comum no trato com empresas.
Benefícios:
O boleto bancário é um meio de pagamento muito aceito, principalmente pelas empresas. Seu grande benefício consiste na facilidade que o cliente tem em executar seu pagamento, principalmente com o uso dos sistemas bancários on-line.
A facilidade para o emissor também existe, sendo que as próprias instituições financeiras disponibilizam sistemas de geração dos boletos, além de opções para geração pela internet. O controle de recebimentos é outro ponto positivo, sendo realizado diretamente no extrato bancário ou área de recebíveis no sistema on-line do banco.
Em termos de prazo para recebimento, é uma boa opção, uma vez que os valores estarão disponíveis usualmente no dia útil seguinte à data de pagamento.
Desvantagem
A primeira desvantagem do uso dos boletos é a incidência de taxa de cobrança, normalmente um valor fixo pré-estabelecido. Essa taxa varia de acordo com a instituição financeira e, por ser fixo, pode representar uma participação alta no valor total. Um complicador é que por lei não se pode cobrar a taxa de boleto do cliente, mesmo ela sendo uma imposição da instituição financeira.
Como desvantagem ainda existe a questão da inadimplência, sendo que neste caso a cobrança pode acarretar custos extras com inclusão do título em cartório e outras.

Cartão de Crédito Próprio
Este é o meio de pagamento em maior ascensão nos últimos anos no Brasil, afinal representa comodidade e segurança para clientes e prestadores.
Benefícios:
É uma ótima opção de pagamento para os clientes, que sentem-se mais confortáveis em efetuar o pagamento com cartão de crédito. Além disso, por ainda ser pequeno o número de profissionais que oferecem esta modalidade de pagamento, pode representar um diferencial frente à concorrência. As opções de parcelamento, com a isenção de risco de inadimplência, é outro ponto bastante positivo.
Com relação à segurança no recebimento, é um método totalmente garantido, pois, uma vez que a transação foi aprovada pela instituição mantenedora do cartão, você tem certeza de que receberá os valores, já que eventuais inadimplências serão gerenciadas pela operadora do cartão.
Até pouco tempo era uma desvantagem ter que escolher uma operadora, ou necessitar de duas máquinas para operar os principais cartões. Agora isso não ocorre mais, uma vez que as principais máquinas aceitam todos os cartões. Paralelo a isso, tornou-se possível a filiação de pessoas físicas ao sistema de recebimento, o que antes era vedado a empresas.
O controle de recebimento é bastante simples, com os valores sendo depositados diretamente em sua conta e os sistemas das operadoras de cartões de crédito possibilitam geração e conferência de recebimentos e recebíveis.
Desvantagem
As principais desvantagens deste sistema consistem em prazo de recebimento e taxas cobradas.
A primeira taxa a ser considerada é o aluguel mensal da máquina, que deverá ser pago independente de uso ou não do mesmo. Com isso, se o volume de transeções é pequeno, este valor pode representar um custo elevado na operação.
Além da taxa mensal, é cobrada taxa porcentual por transação, o que representa um custo direto e proporcional ao valor cobrado, reduzindo sua margem de lucro. Em operações parceladas as taxas são maiores e, no caso de antecipações de recebíveis, sobem ainda mais. Por conta disso é importante considerá-las em sua formação de preços.
O prazo de recebimento é outro complicador, pois, ao contrário do que a maioria pensa, o recebimento dos valores cobrados por cartão de crédito ocorre 31 dias após a ação de cobrança. Nas compras parceladas a primeira parcela será paga em 31 dias e as demais nos meses subsequentes de 30 em 30 dias. Ou seja, um valor parcelado em 3 vezes será totalmente recebido apenas 4 meses após o momento da transação. Isso pode comprometer seu fluxo de caixa, se não for algo bem planejado dentro de sua composição de custos e fluxo de pagamentos para os fornecedores.

Sistemas de Cobrança On-line
Muito comum em outros países, os sistemas de cobrança on-line estão crescendo no Brasil. Eles representam uma opção aos sistemas convencionais, por reunirem varias formas de pagamento em um único meio.
Benefícios:
O primeiro benefício destes sistemas é que, em sua maioria, há isenção de cobranças de taxas mensais, o que ocorre com as máquinas de cartões de crédito. Além disso, possuem a maior parte das outras vantagens apresentadas pela modalidade de cartão de crédito, com destaque para o fato de que alguns sistemas efetuam o pagamento das compras parceladas integralmente em alguns dias, diferentemente do sistema convencional em que se recebe parcelado.
O fato de estar efetuando a cobrança por um sistema terceiro e conhecido ajuda no processo de confiabilidade do cliente.
Desvantagem
Em contra partida à não cobrança de taxas mensais e antecipação de valores parcelados, as taxas cobras pelos sistemas são bem maiores que as praticadas pelas operadoras. Em vendas parceladas elas podem representar um aumento bastante significativo no preço.
Do ponto de vista do pagador, existem clientes que não sentem-se à vontade em fornecer números de cartão de crédito em sistemas on-line.

Resumo Comparativo
Como forma de facilitar a análise, criamos um quadro comparativo que pode ajudar na hora de você optar por seus meios de pagamento:

[iframe: src=”http://www.alexfoto.com.br/iif/post_001.html” frameborder=”0″ width=”420″ height=”177″ scrolling=”no”]

Esperamos que estas informações ajudem a avaliar e selecionar seus meios de pagamento. Lembrando que não existe resposta certa ou receita de bolo, cada negócio tem suas peculiaridades, e só você pode avaliar o que melhor se enquadra em suas composições de preços e perfil de clientes.

Alex Mantesso

 

 

Alex Mantesso
é Fotógrafo, Consultor em Marketing,
Internet e Redes Sociais


Enquete:

Ajude-nos a gerar mais conteúdo para o IIF. Indique qual o próximo assunto relacionado a Administração e Marketing você gostaria de ver publicado aqui no site.

[poll id=”4″]

Cadastre-se e receba as principais novidades do ramo da fotografia.

Posts Relacionados

Criando o primeiro portfólio: o que saber antes de começar?

Criando o primeiro portfólio: o que saber antes de começar?

No mercado da fotografia, o portfólio é o currículo do fotógrafo. É o meio...

Você conhece o poder da marca?

Você conhece o poder da marca?

No mundo empresarial, a marca é a assinatura, o carimbo, a identidade do seu...

Como superar o desafio de vender sua fotografia?

Como superar o desafio de vender sua fotografia?

Olá, fotógrafo! O que você sente ao ouvir a palavra "vendedor"? Em...

Primeira edição do Photo Meeting coloca os negócios no foco dos fotógrafos

Primeira edição do Photo Meeting coloca os negócios no foco dos fotógrafos

Nos dias 20 e 21 de março, o Instituto Internacional de Fotografia promoveu o...

Parceiros