Jade Beall fala sobre quebrar tabus e empoderar mulheres por meio da fotografia

Por: Lara de Oliveira Santos

Desde criança, durante seu crescimento em uma cidade pequena do México, a fotógrafa Jade Beall se considera feminista. Esse ideal, tão presente nos dias de hoje, é claramente refletido em seu trabalho que tem como objetivo o empoderamento feminino.

Foi por meio do projeto “A Beautiful Body Project”, então, que a artista se tornou mais conhecida. “Eu mudei o resultado da pesquisa ‘a beautiful body’ (um corpo bonito, em inglês) no Google. Hoje, essa busca mostra a maioria das minhas fotos sobre diversidade corporal!”, conta.

Em todas as suas fotografias, Jade retrata a beleza verdadeira das mulheres, sem nenhum tipo de edição. Ela luta para mudar a maneira manipulada de como a mídia trata os corpos femininos, alterando-os com photoshop ou outros instrumentos.

“Eu gosto de ver o que é real. Eu não quero uma mulher photoshopada e editada, quando, na verdade, ela deu à luz e tem marcas em sua pele que revelam a jornada de crescimento e nascimento de um ser humano”, explica.

Ela passou a retratar verdadeiramente corpos de mulheres pós parto/ Foto: Jade Beall

Depois que virou mãe, a fotógrafa passou a retratar corpos de mulheres pós parto da maneira mais real possível. “Mães são ditas que, para serem celebradas e elogiadas, elas devem dar a volta por cima e ficarem magras e sensuais depois de poucas semanas do parto”, diz.

Esse tabu, no entanto, não é o único que ela quer extinguir. Suas fotografias também procuram mostrar momentos da amamentação – assunto principal de sua palestra na 8ª edição do Newborn and Family Photo Conference. O foco de Jade é desmistificar a ação que, segundo ela, ainda é alvo de críticas e preconceitos.

“Se você parar para pensar direito, é um pouco idiota! Alimentar bebês com leite materno é algo que temos feito desde o início da humanidade”, afirma. “Publicar uma foto de uma mulher amamentando com um pouco do mamilo exposto foi motivo para a minha página de fotografia no Facebook ser suspensa mais de 12 vezes em alguns meses, com a ameaça de ter minha página com mais de 100 mil seguidores permanentemente deletada.”

A fotógrafa, no entanto, acredita que isso está mudando com o tempo; o Facebook e o Instagram, por exemplo, não proíbem mais imagens de amamentação com mamilos expostos.

A fotógrafa quer quebrar com o tabu da amamentação/ Foto: Jade Beall

Mesmo assim, mulheres não se sentem 100% confortáveis com seus próprios corpos, o que torna o trabalho de Jade ainda mais difícil. Ela admite que, no início do ensaio, a maioria das pessoas que fotografa estão extremamente nervosas.

Por isso, tenta relaxá-las como consegue. “Esses ensaios fotográficos são muito mais parecidos com terapia e uma aula de yoga tranquila do que com um ensaio comum. Normalmente há lágrimas, muitos abraços e muita conversa”, revela. “Eu dou muitos feedbacks positivos nas poses e coragem delas, e dou todo o amor que tenho.”

Não é por menos que Jade consegue tirar imagens tão poderosas. Além da atenção que dá às suas clientes, ela tem uma paixão e crença profunda por seu trabalho fotográfico.

Nos dias 8, 9 e 10 de maio, o público do Newborn and Family Photo Conference terá a sorte de presenciar seu talento e entusiasmo por fotografia. No congresso, ela pretende “encorajar os fotógrafos a trabalharem no relacionamento com seus próprios corpos para que eles consigam enxergar melhor como eles podem retratar a verdadeira beleza de uma mulher sem photoshop e sem ter que transformá-la em algo diferente do que ela realmente é.”

Garanta o seu ingresso para o evento pelo SITE, mandando um email para eventos@iif.com.br ou ligando para (011) 3021-3335. Visite o FACEBOOK e INSTAGRAM, além de baixar o APLICATIVO Newborn and Family.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Parceiros

Desenvolvido por