O poder das cores na composição

As cores são componentes intrínsecos da vida humana e é a mais imediata evidência da visão. Dessa forma, as cores podem e devem ser usadas sob um cuidadoso controle estético. Algumas cores possuem propriedades físicas que afastam o olhar do espectador enquanto outras atraem esse mesmo olhar. Além disso, a cor exerce uma forte influência na percepção humana. E o aspecto da nossa reação a ela é mais emocional do que racional. A cor pode transmitir sentimentos, sensações e até mesmo cheiros e gostos.

Por isso, entender as reaçõesque cada cor provoca é vital para qualquer pessoa que trabalhe com artes visuais como cinema e fotografia. E saber controlar essas reações às impressões cromáticas abre um leque infinito para as formas de comunicação.

Em fotografia principalmente, utilizamos as cores com duas finalidades. Para promover a harmonia estética e obter um visual agradável aos olhos, e para desenvolver uma comunicação a nível emocional para transmitir emoções e sensações. Isto é, as cores são escolhidas e manipuladas para estimular algum sentimento em quem olha a imagem.

Por isso, é de vital importância para quem atua na área das artes visuais entender como o ser humano em geral reage às impressões cromáticas, para assim controlar o fenômeno a seu favor, abrindo um leque de oportunidades e possibilidades compositivas e comunicativas.

A ciência e a teoria da cor são assuntos bastante complexos, mas para tentar entendê-las de uma maneira mais eficaz para o fotógrafo, vamos considerar o círculo das cores.

 

 

Esse círculo foi usado por Isaac Newton em sua teoria ótica para descrever os vários resultados decorrentes do uso das cores. Nesse sistema, o vermelho, o amarelo e o azul são as cores primárias, e o laranja, o verde e o roxo são usados como cores secundárias.

As cores que estão em posições opostas são chamadas de complementares. Assim, o verde é complementar ao vermelho, o azul, do laranja e o roxo, do amarelo.

Esse sistema de cores, no entanto, não é adequado para refletir como as ondas de luz agem quando combinadas.Então, foi desenvolvido o sistema do círculo de luz ou RGB, no qual as cores primárias são vermelho (red), verde (green) e azul (blue), e compõe o sistema RGB.

As principais cores no sistema RGB são o vermelho, o laranja, o amarelo, o verde, o ciano, o azul, o violeta e o magenta e são conhecidos como matizes (hue). O termo brilho (brightness) na fotografia digital se refere à quantidade de preto ou branco adicionado a um determinado matiz. A saturação se refere à intensidade ou grau de pureza de um matiz, ou seja, quando um matiz é puro significa que ele não foi misturado com outra cor.

O uso de cores complementares cria contraste. De fato, quando matizes opostos são usados, suas propriedades óticas fazem com que eles vibrem. Qualquer cor situada na mesma área do círculo cromático resultam em harmonia e são mais agradáveis ao nosso olhar, por outro lado, imagens compostas primariamente de cores que quase não se alteram podem levar à fadiga visual, pois esse é o resultado da tendência natural do olho para buscar contraste.

Algumas cores, especialmente as mais frias, tais como verde, azul e violeta, têm o efeito de retroceder, já outras, como as cores quentes, tais como vermelho, laranja, amarelo, saltam. Assim, se você compuser sua fotografia com um objeto vermelho contra um fundo verde ou azul, o olhar do espectador será levado automaticamente para o objeto vermelho. Portanto, as cores podem ser usadas para criar um efeito tridimensional na imagem, afetando a percepção de profundidade de campo.

Embora o significado das cores seja de caráter cultura – uma mesma cor pode representar emoções distintas, dependendo da cultura – , algumas generalizações foram identificadas e estudadas, estabelendo relações que ajudam a traçar o perfil emocional de cada cor. Listamos alguns deles:

BRANCO reflete paz, pureza, calma, inocência e dignidade. Propõe leveza e requinte. Transmite uma acentuada percepção de espaço, isto é, imagens com grande porcentagens de branco emitem mais luz e parecem maiores.

PRETO é o oposto do branco. Pode simbolizar a tristeza, dor, solidão, luto, mas também é uma cor bastante elegante, representando o luxo e a seriedade.

VERMELHO é a cor que possui maior influência psicológica ao olhar devido a sua rara ocorrência na natureza.  É uma cor muito intensa e chamativa, atenua sentimentos de melancolia e incita a sensação de fome. Representa vitalidade, sensualidade, paixão e calor e quando bem utilizada passa a ideia de sofisticação e riqueza. No entanto, a sua intensidade cansa os olhos rapidamente, por isso sua aplicação deve ser bem calculada.

LARANJA é usado nas mesmas situações do vermelho, mas com resultados mais moderados. É uma cor com bastante energia, simbolizando imaginação, aventura e jovialidade, por isso, se usada em excesso passa a impressão de falta de seriedade. Por ser uma mistura do vermelhor com o amarelo, representa moderação, sendo mais equilibrada que as duas.

AMARELO é uma cor jovem, intelectual e quente também. Está sempre ligada à alegria, ao sol e à luminosidade. É bastante intensa e, por isso, está associada à riqueza e à nobreza. Simboliza calor, sol, poder, inteligência. No entanto, é imprecisa, podendo causar desvio de atenção e sua variações, principalmente o esverdeado, podem causar efeito negativos como sensação de doença e inveja.

VERDE simboliza a natureza, traz a sensação de serenidade, de paz, de calmaria e transmite frescor e liberdade. E pode também simbolizar dinheiro e sorte e é símbolo da esperança

AZUL é uma cor estável e sóbria que denota confiança e simboliza a saúde, a imensidão. Possui grande poder de atração e estabiliza inquietações. Estudos mostram que 65% das pessoas consideram o azul como cor preferida

ROSA é a mais feminina e romântica de todas as cores. Possui pouca vitalidade e muita delicadeza

ROXO e suas variantes são cores que representam espiritualidade e evocam fantasias, enigmas e magia. O seu uso excessivo pode trazer excesso de introspecção.

Então, a cor é um fator responsável por evidenciar emocionalmente uma fotografia: alegria, mistério, melancolia etc…

Ao idealizar uma fotografia, o fotógrafo deve ter em mente qual a sensação que ele pretende transmitir na imagem às pessoas que olharem ela. Isso faz parte da composição da fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Parceiros

Desenvolvido por