Novo olhar: modelos falam sobre direção de modelagem para fotógrafos

Por: Lara de Oliveira Santos

Ao fotografar retratos, um profissional necessita de muito mais do que técnica. Trabalhar com pessoas significa saber lidar com elas e, na fotografia, saber dirigi-las.

A maioria dos cursos de fotografia, no entanto, abordam a direção de modelos por meio do fotógrafo. Apesar de também ser uma boa maneira de compreender o assunto, entendê-lo pelo olhar das próprias modelos pode trazer novos esclarecimentos.

Por isso, o Instituto Internacional de Fotografia (IIF) resolveu inovar e introduziu o workshop “Direção de Modelo para Fotografia Artística”. No dia 29 de setembro, interessados por fotografia feminina terão a oportunidade de aprender com as modelos Débora Fernandes e Letícia Clares como identificar, tratar e prepará-las para um ensaio.

Débora (à direita) e Letícia (esquerda) em ensaio sensual

Em aula, elas também falarão com mais detalhes sobre suas trajetórias como profissionais. “Fiz a primeira sessão apenas para ver como era e também porque sempre gostei de arte. Então vi na fotografia uma ótima maneira de conhecer e expressar minhas emoções”, explica Débora, que é modelo desde 2010.

Para Letícia, a carreira de modelo se iniciou há mais tempo; aos seus 10 anos, no caso. “Parei com os trabalhos [de modelagem] ao entrar na universidade porque meu foco estava em me formar e trabalhar na área de Linguística, mas em 2015 fiz meu primeiro ensaio de nu, assim como a Débora, por curiosidade, e não parei mais de posar”, conta.

Ao se conhecerem, logo notaram um pensamento semelhante e decidiram se juntar como profissionais. “Nos conhecemos na fotografia Fine Art e percebemos que tínhamos projetos em comum, então decidimos começar os workshops de direção de modelo juntas. Sem dúvida, nossa maior motivação veio das experiências práticas que já vivemos: há muitos fotógrafos com dificuldades em dirigir uma modelo ou cliente”, diz Letícia.

Nem sempre é fácil, no entanto, reconhecer quais são as principais maneiras de alcançar sucesso. “Precisa ter muito profissionalismo e conhecimento na área. Fotos sensuais são intimistas, então, se ele não está seguro com seu trabalho, não irá conseguir passar segurança para sua cliente/modelo”.

Para mais informações sobre o curso, acesse o site ou ligue para (11) 3021-3335. Caso tenha interesse em outros sobre Fotografia Feminina, clique aqui para entender mais sobre a proposta do IIF e de cada um dos workshops.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

59 − 49 =

 

Parceiros

Desenvolvido por