// Entenda a Fotografia Fine Art, por Alex Villegas

A fotografia Fine Art é de definição complicada – existem muitas definições por aí – mas podemos dizer que se trata de uma roupagem, bastante utilizada por quem se dedica à fotografia autoral, ou independente, quando quer comercializá-la.Fine-Art-Gilberto-Grosso-IIF-4

No segmento chamado “comercial”, trabalha-se basicamente sob encomenda; você e seu cliente combinam um trabalho previamente, com remuneração específica, liberdade criativa mais limitada e compromisso de compra. Já no caso do chamado “autoral” a postura é mais independente: é o seu tempo, seu tema, sua abordagem estética. O cliente vem depois que tudo está pronto, e não há compromisso de compra.

É um mercado muito peculiar. Para atuar nesta área, a primeira coisa que você precisa é saber se posicionar e como encontrar clientes nessa dinâmica diferente.

Depois, você precisa compreender o que sua produção fotográfica precisa ter para ser vendável, conhecer as suas preferências, as preferências de seu público alvo e como casar ambas. E mais importante, saber como apresentar este material, como tratar a foto, qual o papel mais adequado para imprimir suas imagens, como fazer com que seu trabalho seja durável, como oferecer um produto final impecável para o seu cliente.

O cuidado também se estende à impressão, já que os consumidores de fotografia costumam exigir qualidade e durabilidade em seu patrimônio. Para atender esse requisito, usamos padrões exigentes de impressão e manuseio, e tecnologias específicas compostas de impressoras, tintas e papéis de alto desempenho. Essa combinação proporciona maior durabilidade e maior valor intrínseco às obras, já que consegue reproduzir com fidelidade as cores e efeitos idealizados pelo fotógrafo.

Fine-Art-Gilberto-Grosso-IIFPensando em atender fotógrafos que queiram aproveitar ao máximo a qualidade e a expressão artística de suas fotografias, o Instituto Internacional de Fotografia lançou o curso “FINE ART: PÓS-PRODUÇÃO E MERCADO”. Ele é voltado para fotógrafos que desejam ampliar seus conhecimentos e possibilidades de novos negócios, conhecendo os mecanismos de impressão, tipos de papeis utilizados, tratamento de imagem e tudo que é necessário para produzir um trabalho impecável. Afinal, é mais fácil extrair o máximo de qualidade de uma fotografia quando entendemos todo o processo que é realizado após o clique.

 

“O Fine Art é um curso que atende aquele que já tem alguma experiência com fotografia, já tem sua visão e modo de fotografar definidos, e fornece a ele as ferramentas pra se situar nesse ramo de fotografias para colecionismo. Nele primeiro se produz um material de uma qualidade física, estética e algumas vezes conceitual elevados, e posteriormente se comercializa através de canais especializados, para um público específico.” – Alex Villegas

Para trabalhar com Fine Art é preciso entender de fotografia, do processo de impressão, tratamento de imagem, das matérias primas e dos macetes mercadológicos. Esse curso abrange desde o tratamento de imagens específico para esse segmento, até as características dos papéis especiais e quais utilizar em cada caso. Os alunos também aprendem a entender cada tipo de impressão e qual é a mais adequada para o resultado final desejado. As técnicas de manuseio e montagem adequadas da obra também são ensinadas passo a passo.Fine-Art-Gilberto-Grosso-IIF-3

Além de toda a técnica, os alunos também terão aulas mercadológicas: como identificar meu público alvo? Como funciona a estrutura do mercado de artes, tiragens e assinaturas? Quais os canais de escoamento da produção fotográfica? Como funcionam, como selecionam e o que apresentar às galerias?

É essencial conhecer todo o processo, por isso o curso inclui convidados para enriquecer a vivência do aluno: uma palestra com um galerista, para que os alunos entendam seu ponto de vista e forma de trabalhar; um fotógrafo convidado experiente na área irá apresentar sua vivência e outro ponto de vista do mercado;  um projeto fotográfico será desenvolvido durante o curso com o auxílio dos professores e impresso em uma visita a um atelier de impressão para que os alunos conheçam o processo; o curso conta também com uma visita guiada a uma exposição de fotografia.

É um conhecimento ímpar. Clique aqui para conferir um calendário com os próximos cursos de Fine Art.

Veja mais sobre o assunto: Aqui, aqui e aqui

Fotos: Gilberto Grosso

-Texto revisado em 23/02/2017

Cadastre-se e receba as principais novidades do ramo da fotografia.

Posts Relacionados

[VAGA] SECRETÁRIO(A) ESCOLAR NO IIF

[VAGA] SECRETÁRIO(A) ESCOLAR NO IIF

O(a) Secretário(a) será responsável por proporcionar o bom...

Qual é o melhor software de edição de imagens: Lightroom ou Photoshop?

Qual é o melhor software de edição de imagens: Lightroom ou Photoshop?

Como todo fotógrafo sabe (ou deveria saber), a pós-produção é parte...

[2019] VAGA: ASSISTENTE DE SALA DE AULA E FOTOGRAFIA NO IIF

[2019] VAGA: ASSISTENTE DE SALA DE AULA E FOTOGRAFIA NO IIF

O IIF (São Paulo) está com uma vaga aberta para Assistente de Sala de Aula e...

Como fotografar arquitetura e interiores

Como fotografar arquitetura e interiores

O principal para uma boa fotografia de arquitetura e interiores é analisar...

Parceiros