// Exposições fotográficas para Abril/2017

Confira algumas das exposições fotográficas em cartaz esse mês por todo o país.

 

Salvador – BA

“As mais Belas Vistas de Salvador”

Uma exposição fotográfica inédita em homenagem ao aniversário da cidade está em cartaz no Shopping Bela Vista. A mostra “As mais Belas Vistas de Salvador”, é composta por 28 fotografias locais, com imagens panorâmicas e aéreas da cidade, incluindo pontos turísticos e registros de festas populares.

Apaixonado por Salvador, Osmar Gama, fotógrafo idealizador da mostra, conta que fotografa a cidade para o aniversário há oito anos. “Há oito anos homenageio Salvador no seu aniversário. Sou um apaixonado por esta terra. Adoro fotografá-la de formas diferentes e poder divulgar”, diz. A homenagem com imagens de até dois metros ficarão expostas no Piso L2, em frente Livraria Leitura.

No Shopping Bela Vista, até 15/04.

Para mais informações: Aqui

 

Dourados – MT

“Fortes de Coimbra”

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) em parceria com a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) realiza a exposição fotográfica “Forte de Coimbra”, em Dourados, e que ficou exposta até 9 de abril.

A exposição fotográfica é resultado de uma expedição ao Forte de Coimbra de um grupo de representantes da Uems e da UFGD com o objetivo de trazer à população douradense, estudantes e acadêmicos, uma breve apresentação sobre as riquezas turísticas, históricas e de biodiversidade.

A exposição faz parte do projeto de extensão Galeria Itinerante e acontece em parceria com a Uems, 3ª Cia de Fronteira-Forte de Coimbra e shopping Avenida Center.

No Shopping Avenida Center, até 09/04.

Mais informações: Aqui

São Paulo – SP

“You will never walk Alone”

You Will Never Walk Alone, série de Camila Svenson, é a primeira exposição do programa Nova Fotografia 2017 no MIS. As 15 fotos que compõem o projeto foram feitas em uma vila na Islândia e abordam as conexões humanas, a vulnerabilidade e o pertencimento. O trabalho exposto foi feito durante uma residência artística realizada pela fotógrafa em uma pequena vila na Islândia. Retrata um grupo de adolescentes entre 15 e 17 anos da cidade de Húsavík – uma comunidade pesqueira de dois mil habitantes no extremo norte do país. Húsavík tem apenas uma rua principal, a igreja luterana que se abre todos os domingos e uma lanchonete. “Não importa onde você esteja, a montanha está em quadro o tempo inteiro. O frio corta o rosto como vidro afiado, e com a chegada do solstício de verão, o céu sempre tem um azulado estranho, digno de pesadelo”, descreve a artista.

O título da série vem de uma inscrição existente na parede do quarto de uma das jovens com quem conviveu. Este momento é relatado pela fotógrafa: “No penúltimo dia fui fotografar uma das meninas que faltava. Ao entrar no quarto dela e ver este adesivo colado na parede, you will never walk alone, logo soube que este seria o título. A frase resume a troca que aconteceu com estes adolescentes e remete à sensação que temos nesta idade de que os laços que temos são infinitos e fortes, e que vão ser uma constante sempre. You Will Never Walk Alone tem a ver principalmente em como essas pessoas se pertencem como grupo, como unidade”.

No Museu da Imagem e do Som, até 02/04.

Mais informações: Aqui

 

“Ícones de Hollywood”

A mostra traz 161 fotografias, clicadas entre 1920 e 60, do acervo da Fundação John Kobal, criada pelo cinéfilo austríaco. Baseada no livro “Hollywood Icons: Photographs from the John Kobal Foundation”, de Robert Dance, a exposição transporta o público à era de ouro da sétima arte em um recorte de 40 fotógrafos de oito estúdios de cinema – como Warner Bros., Columbia e Paramount, entre outros.

É quase possível sentir o cheiro do laquê de Rita Hayworth e ouvir o sapateado de Fred Astaire ao passear pela exposição que desembarca no Espaço Cultural Porto Seguro.

No Espaço Cultural Porto Seguro, até 16/04

Mais informações: Aqui

Rio de Janeiro – RJ

“Otto Stupakoff: Beleza e Inquietude”

A retrospectiva dedicada ao fotógrafo paulistano Otto Stupakoff (1935-2009), com curadoria de Bob Wolfenson e Sergio Burgi, reúne cerca de 300 fotografias, além de publicações e vídeos apresentando sua extensa produção, realizada entre 1955 e 2005. Seu acervo está sob a guarda do IMS desde 2008 e é composto por 16 mil imagens.

Pioneiro da fotografia de moda no Brasil, Stupakoff foi um dos fotógrafos brasileiros de maior projeção internacional. Além de ensaios de moda e retratos de celebridades internacionais do mundo das artes e da política, produzidos para revistas como Harper’s Bazaar, Life, Esquire, Glamour, Look e Vogue, Stupakoff, que passou a parte mais produtiva de sua carreira vivendo em Nova York e Paris, deixou conjuntos menos conhecidos de retratos, nus, instantâneos de rua, fotografias de suas incontáveis viagens pelo mundo – inclusive pelo Ártico – e experimentações no limite do abstracionismo.

Para contemplar toda a sua trajetória, a mostra se divide em quatro grandes temas: seus anos de formação e primeiros trabalhos nos anos 1950; os anos de 1960 a 1970 e sua colaboração com as principais revistas de moda do mundo, como a Harper’s Bazaar e a Vogue francesa, além de retratos de personalidades como Jack Nicholson e Truman Capote; sua série de nus; e uma sala dedicada às viagens que fez.

No Instituto Moreira Salles, até 16/04

Mais informações: Aqui

 

Virtual

“A mulher na Revolução de 32”

O MIS apresenta sua segunda exposição no Google Cultural Institute – plataforma na qual o site Google realiza parcerias com centenas de museus, instituições culturais e acervos históricos para hospedar online os patrimônios culturais do mundo.

“A mulher na Revolução de 32” reúne, entre fotografias e arquivos de áudio, trocas de correspondências (exclusivas do acervo do MIS) relatando o dia a dia de voluntárias da Revolução. Os documentos revelam o papel da mulher no momento em que o Estado de São Paulo se rebelava contra o governo de Getúlio Vargas.

Essa é a segunda exposição do MIS na plataforma. O público também pode conferir Cinema paulista nos anos 70, uma mostra com fotos de cenas, bastidores de filmagens, vídeos com entrevistas exclusivas e equipamentos da produção cinematográfica na cidade de São Paulo entre os anos de 1968 e 1980.

Ambas as exposições podem ser conferidas, gratuitamente, no link: bit.ly/cultureinstitutemis

Cadastre-se e receba as principais novidades do ramo da fotografia.

Posts Relacionados

COMUNICADO IIF

COMUNICADO IIF

Informamos que devido a pandemia do COVID-19, em respeito à lei 13.979, e a...

[2020] VAGA: ASSISTENTE DE SALA DE AULA E FOTOGRAFIA NO IIF

[2020] VAGA: ASSISTENTE DE SALA DE AULA E FOTOGRAFIA NO IIF

O IIF (São Paulo) está com uma vaga aberta para Assistente de Sala de Aula e...

[VAGA] SECRETÁRIO(A) ESCOLAR NO IIF

[VAGA] SECRETÁRIO(A) ESCOLAR NO IIF

O(a) Secretário(a) será responsável por proporcionar o bom...

Danilo Russo lança guia completo sobre Iluminação na Fotografia em palestra ao vivo

Danilo Russo lança guia completo sobre Iluminação na Fotografia em palestra ao vivo

O domínio da iluminação na fotografia é algo que não acontece do dia para...

Parceiros