// Como se tornar um fotógrafo profissional?

Aposto que muitos de vocês já se pegaram pensando como alguém vira um fotógrafo profissional, né? Afinal, atualmente, todo mundo tem um pouco de fotógrafo dentro de si, e ninguém mais vive sem tirar algumas fotos por mais simples que sejam. Selfies, fotos em grupo, registro de aniversários, uma foto nova pro perfil da rede social…isso todo mundo faz. É muito difícil encontrar um cidadão que não faça isso. Se duvidar até o seu avô anda fazendo umas selfies por aí…

Claro, não vamos entrar no mérito da qualidade dessas imagens, mas, sim, do gosto e do prazer que esses registros representam.

E aí, entra a questão: e se esse hobby virasse profissão e você pudesse ganhar um dinheirinho registrando momentos e contando histórias através de suas imagens?

É uma ótima opção para quem é apaixonado por fotografia e quer unir o útil ao agradável!

Embora esse sonho seja o de várias pessoas. Ainda vemos que a maior dificuldade é encontrar o caminho para realizá-lo, muitos não sabem por onde começar.

Por isso, separamos algumas dicas que servem de ponta-pé inicial para você tirar os seus planos do papel e começar a agir. Vamos lá!

GOSTAR DO QUE FAZ

Isso é óbvio e, se você chegou até aqui, é porque já cumpre esse pré-requisito. Mas é sempre bom reforçar…
Você deve escolher a fotografia como a sua fonte de renda, porque gosta de fotografar, não pelo dinheiro – até porque não está fácil para ninguém – nem pelo aparente glamour que algumas áreas da fotografia, como a fotografia de moda, parecem oferecer.

Muitas vezes, as pessoas acham que o fotógrafo profissional vive rodeado de belos modelos, fazendo projetos incríveis, com cenários deslumbrantes, participando de eventos sociais e que basta os seus cliques na máquina para fazer o trabalho. Não queríamos de decepcionar, mas infelizmente, a realidade é bem diferente e todos os projetos de um fotógrafo passam por um processo bem mais complexo e até tedioso. Não é moleza, não. E envolve muitas outras tarefas, além de fotografar. Só para citar algumas: Reunião com o cliente, elaboração de proposta e contratos, marketing, divulgação, tratamento de imagens, e a lista é enorme.

Por essa razão, você deve ter certeza do que quer e saber que, como qualquer outro trabalho, a fotografia exige fazer coisas que nem sempre são muito legais.

INVESTIR EM CONHECIMENTO

Depois que você já se decidiu por essa carreira, você precisará adquirir os conhecimentos técnicos, teóricos e práticos.

Como um bom profissional, você tem que aprender a lidar com o equipamento e seus diferentes ajustes, aspectos de técnicas fotográfica, composição e harmonia, como dirigir modelos, conhecer as ferramentas de tratamento e impressão de imagem e, principalmente, construir um repertório fotográfico que lhe permita a trabalhar a sua criatividade e desenvolver os seu estilo próprio. E tudo isso é infindo. O mercado sempre surge com novas tecnologias, a ciência descobre novas características de percepção humana e novas modalidade de fotografia. O aprendizado é constante, e você, frequentemente desafiado pelas novidades.

Logo, o recomendado é procurar estudar sobre o assunto e fazer cursos, participar de workshops, ir a congressos de fotografia. E sempre se manter atualizado ao que acontece no mercado e ir atrás de especializações.

Um bom profissional, antenado no mercado e sempre disposto a aprender, consegue agregar mais valor ao seu trabalho e cobrar mais ou o coerente para a sua área de atuação.

EQUIPAMENTOS ADEQUADOS

Aqui, você não tem escapatória. Se quiser ser um fotógrafo profissional, vai ter que gastar uma grana. Os equipamentos para montar um kit básico não são muito baratos, mas não tem como se profissionalizar com uma tekpix…

Mas também, vá com calma. Não saia comprando tudo o que ver pela frente. Comece pelo essencial: compre uma câmera de entrada, cartões de memória, o case, um flash, uma lente e um tripé. Aos poucos, você será capaz de identificar as suas necessidade e expandir a sua coleção de acessórios e equipamentos.

De início, peça a indicação de um profissional sobre a câmera de entrada. Há algumas opções no mercado que são excelente para quem está começando. Depois, você começar a pensar no upgrade.

APRENDA A TRATAR AS SUAS PRÓPRIAS IMAGENS
Os softwares de edição de imagens são ótimas ferramentas para pequenos ajustes e correções nas fotos e permitem uma finalização bem profissional para os seus trabalhos. No entanto, você deve saber como usá-los para não ficar nada muito forçado e irreal. O propósito desses programas é apenas melhorar o que já foi capturado, não mudar completamente a imagem – salvo em casos de projetos criativos.

APOSTE NA EXPERIÊNCIA DE ASSISTENTE

Trabalhar como assistente de um fotógrafo profissional já estabelecido é uma maravilhosa fonte de aprendizado. Você vai vivenciar na prática todo o processo fotográfico e aprenderá muitas dicas e macetes.

OFEREÇA OS SEUS SERVIÇOS
Para começar, é muito comum os fotógrafos oferecem os seus trabalhos sem cobrar por isso em troca da possibilidade de iniciar o seu portfólio.

Pode parecer perrengue demais, mas funciona – e ninguém falou que seria fácil.

Nesse estágio, as pessoas ainda não conhecem você nem suas habilidades. Mostre-se!

Por exemplo, ofereça-se para cobrir o casamento de algum parente ou amigo. Essas imagens já servirão para você exibir para os seus próximos clientes.

E AGORA É HORA DE AGIR

Para você finalmente sair da sua zona de conforto e começar a ser arriscar na fotografia, lhe convidamos para conhecer o Instituto Internacional de Fotografia, centro de estudo e ensino da imagem, que há mais de 6 anos forma fotógrafos completos para o mercado, oferecendo cursos, workshop e promovendo eventos para incentivar esse universo.

Dentre os seus cursos, o IIF desenvolveu o curso de Capacitação Profissional em Fotografia tem o objetivo de atender todas as demandas colocadas nesta matéria, justamente porque foi formulada como um ensino prático de fotografia.

As primeiras disciplinas são dedicadas ao conhecimentos técnicos da fotografia, com as disciplinas de Técnica I e II, Composição, Lightroom IIluminação & Estúdio, Flash Dedicado. Após o aprendizado da técnica, o aluno inicia a disciplina de Orientação Profissional que o introduz ao mundo da fotografia como negócio e apresenta as possibilidades de atuação, e segue para as disciplinas específicas. O aluno passa pela formação teórica e prática nas quatro grandes áreas da fotografia: Produto, Retrato, Casamento e Produção Autoral.

O aluno também faz a disciplina Lightroom II para complementar seu conhecimento de pós-produção, a disciplina Legislação na Fotografia que discute os direitos legais do fotógrafo e o uso de suas imagens, e a disciplina Gestão de Carreira & Marketing, que ensina como o fotógrafo deve gerir a sua carreira e se estabelecer no mercado.

São cerca de 275 horas de aulas, com diferentes professores e a possibilidade de realizar o curso tanto presencialmente, na sede do IIF ao lado do metrô Vila Madalena, quanto online, através da plataforma disponibilizada pelo Instituto.

O formato online mantém a mesma didática e a qualidade do ensino do formato presencial, agregando flexibilidade de horários e permitindo que pessoas do Brasil inteiro acessem o conteúdo com a garantia de qualidade do IIF.

Não é necessário possuir conhecimento prévio para realizar esse curso, pois todo conteúdo é oferecido desde sua base. Assista ao teaser sobre este curso para conhecer melhor a prática:

Se você se interessou por este curso, o IIF abrirá duas novas turmas em Outubro de 2017 em sua versão presencial, nos períodos da noite e aos sábados. As vagas são limitadas.

 

Comece a planejar a sua carreira profissional em fotografia. Acesse nosso site, ou entre em contato com nossa equipe através do chat, pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 3021-3335. Bons estudos!

 

 

Cadastre-se e receba as principais novidades do ramo da fotografia.

Posts Relacionados

Concurso de fotografia explora os efeitos da ditadura da beleza; vencedor receberá prêmio de R$ 16 mil

Concurso de fotografia explora os efeitos da ditadura da beleza; vencedor receberá prêmio de R$ 16 mil

Estão abertas as inscrições para o concurso internacional de fotografia...

Inscrições abertas para o Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia

Inscrições abertas para o Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia

Estão abertas até o dia 13 de junho as inscrições para o 10º Prêmio...

Paraty Em Foco 2019 quer descobrir novos talentos da fotografia brasileira

Paraty Em Foco 2019 quer descobrir novos talentos da fotografia brasileira

O Festival Internacional de Fotografia Paraty Em Foco está com convocatória...

Adobe aumenta preços da Creative Cloud no Brasil; plano de fotografia fica mais caro

Adobe aumenta preços da Creative Cloud no Brasil; plano de fotografia fica mais caro

A Adobe aplicou um reajuste nos valores dos pacotes de softwares da Creative...

Parceiros